Pular para o conteúdo

Corretora de Seguros Mazzolla

cotação

Valorização do seu veículo

Valorização do seu veículo

Você conhece o valor do seu veículo na hora de trocá-lo por um novo?

Na hora de trocar seu usado é sempre aquela ‘dor’: A sensação de que o carro que você deseja está super valorizado e o seu usado valendo muito abaixo da tabela. Essa é uma realidade do mercado de automóveis onde muitos pontos são considerados.

As lojas mais conceituadas prezam pela qualidade, procedência do veículo, revisões, garantia e estado de conservação. Muitas vezes investem para recuperar algo que não está 100%, deixando o carro com cara de novo. Isso tudo tem um custo que acaba sendo atribuído ao valor final do carro. Muitos proprietários de veículos exercem os cuidados necessários para o seu na manutenção e na estética, contudo há uma grande parcela de proprietários que não carregam o mesmo zelo e ‘apenas usam os carros’, deixando-os muitas vezes sem as manutenções essenciais ou os cuidados estéticos. Nessas circunstâncias a depreciação do veículo é acelerada e mais percebida na hora da troca.

Há de se considerar que, quando uma loja aceita o seu carro como troca por um seminovo ou zero quilômetro, ela prevê uma margem de investimentos em manutenções e reparos estéticos que serão realizados no veículo recebido como parte do pagamento. Esse processo de manutenção é realizado antes de coloca-lo à disposição do mercado. Dependendo do ano do veículo algumas lojas não o comercializam e acabam repassando para terceiros. Essa manobra também gera perda na avaliação.

Algumas dicas para ‘sofrer’ menos com a desvalorização:

1- Parece meio óbvio mas passar tempo demais com o mesmo veículo causará um ‘degrau’ muto alto em relação a um veículo novo ou seminovo. O ideal é planejar uma troca dentro de certos períodos, com a depreciação e o desembolso já mapeados. Fazendo de forma planejada, haverá tempo para buscar uma melhor avaliação no seu veículo e também para encontrar o novo desejado.

2- Cuidar do seu carro é uma ótima maneira de mantê-lo valorizado dentro de sua faixa de mercado. Eventuais riscos que podem ser removidos com funilaria leve, pequenos amassados que são reparados por serviços de martelinho farão toda a diferença na aparência e valorização do seu usado. Partindo para a conservação mecânica, os carros revisados em concessionárias e com suas trocas de óleo e filtros respeitadas sempre terão mais credibilidade e atenção especial de um futuro comprador. Pneus, freios, embreagem, correia dentada e sistemas de injeção também são itens básicos analisados e que podem segurar o preço do seu veículo dentro de uma margem aceitável de perda na hora da troca (uma avaliação justa).

3- Trocar seu veículo em uma loja na qual você confie ou tenha referências fara toda a diferença no negócio. Procure um consultor de sua confiança ou indicado por algum amigo, faça pesquisas no mercado e negocie valores. Certamente a transação lhe dará garantias e satisfação. Evite fazer negócios sem analisar todo o cenário e lembre-se, não existe milagres no mercado de automóveis. Se a oferta de negócio for muito acima da média de mercado, desconfie. 4- Saiba exatamente os valores de tabela do veículo que pretende comprar e também do seu veículo atual. Pesquise as médias de preços, quilometragens rodadas, estado de conservação, etc. Conhecendo valores você pode negociar de forma mais segura.

Entre em contato, tire suas dúvidas ou solicite uma simulação
Rate this post